sábado, 26 de janeiro de 2008

O comércio na baixa de Setúbal

O que se passa com a baixa de setubal?
É recorrente o tipo de argumentação que as pessoas não apoiam o comércio tradicional,então vejamos:
- A maioria das pessoas trabalha num horário entre as 7 e as 19h, muitas vezes fora da cidade. Chegam a casa, jantam, e só depois calmamente é que têm disposição e tempo para fazer compras. O que acontece? A baixa está fechada a partir das 19h. Ao fim-de-semana, ainda se torna mais evidente que os setubalenses não têm alternativa aos centros comerciais nos arredores da cidade, visto que a maioria das lojas da baixa só abrem ao sábado de manhã. Eu, que levo a semana a levantar-me cedo para ir trabalhar, e que vejo nas 'compras' um modo de desanuviar, vou-me levantar cedo ao sábado, e fazer compras por obrigação? Certamente que não. Prefiro acordar tarde, despachar-me a meio gás, visto que afinal de contas é o meu tempo de descanso, e após o almoço, logo compro o que tenho que comprar e dou as voltas que quiser dar.
Em Setúbal, ao fim de semana à tarde, posso dar uma volta à baixa, beber um café e ver as montras - E se vir alguma coisa que me interesse? Peço meio-dia de folga ao patrão, num dia de semana, para poder ir comprar o que me apraz? Fazer compras passa muito pelo estado de espírito da pessoa, e muitas vezes compramos por impulso, a compra programada pouco tem de divertida, e provavelmente o que farei neste caso é, num outro dia que me apeteça ir às compras NO MEU TEMPO LIVRE, vou ao fórum Montijo, visto a baixa estar fechada, e procuro por algo semelhante ao que vi. E lá a baixa deixou escapar mais uma venda.
Outra coisa, que na minha opinião tira a vontade a muita gente de ir à baixa, é a avenida Luísa Todi. Aqueles arrumadores, que são mais que muitos, por amor de Deus! Ofendem, ameaçam as pessoas e dão um aspecto verdadeiramente degradante à cidade, enquanto as autoridades assistem impávidas e serenas como se nada fosse.
Se querem ser uma verdadeira alternativa às grandes superfícies, mantenham as lojas abertas pelo menos até às 22h, mesmo que para isso tenham de abrir às 11h. E ao fim-de-semana à tarde e à noite. Dêem aos cidadãos bons motivos para querer fazer compras na baixa. Organizem actividades, concertos, promoções, façam da baixa um verdadeiro local de lazer e de prazer. Reivindiquem mais policiamento nas ruas, dando às pessoas mais segurança. Façam publicidade junto dos moradores da cidade, ponham folhetos de desconto nas caixas de correio, actuem em conjunto com os Cinemas do Jumbo, por exemplo, ofereçam bilhetes para o cinema, um cruzeiro no Sado, criem uma zona em que os pais possam deixar os filhos quando vão às compras. Mostrem-se, renovem a vossa imagem, vivam para Setúbal. Há tantas actividades, tantas parcerias que se podem fazer, quer com os organismos públicos, quer com entidades privadas, no sentido de dinamizar a baixa, que me faz uma tremenda confusão o modo como as coisas continuam na mesma, e ano após ano, as lojas vão fechando. Não se acomodem, não querem um fórum em Setúbal, muito bem, então façam por merecer, conquistando os que cá vivem É o comércio que tem que se adaptar às necessidades dos clientes, e não ao contrário. Se tudo continuar como está, daqui a alguns anos a baixa será apenas mais uma zona 'morta' da cidade.

2 comentários:

Anónimo disse...

Faço das suas palavras as minhas!
Concordo plenamente!

Liliana disse...

Concordo que as lojas, pelo menos quando estamos no horário de verão e perto do natal, estejam abertas até ás 22h, penso que no inverno isso não funcionaria tão bem, pois as pessoas não saem muito à noite para ir fazer compras que não sejam em recintos fechados por causa do frio.
Mas das coisas que acho mesmo ridículas é não estarem abertos ao sábado à tarde e ao domingo,é uma grande falha, e depois vai tudo para o fórum montijo... enfim...