sábado, 21 de junho de 2008

Parque urbano da Albarquel

Felizmente a estrada que dá acesso ao parque foi alcatroada, para bem de todos os que o frequentam. O parque em si é algo bom, desde que continue a ser aproveitado com actividades. No entanto, há aspectos que não são muito correctos:

  • Não há um passeio até ao parque, o que faz com que as pessoas a pé tenham de ir pela estrada, que não é larga e não oferece segurança às pessoas apeadas;
  • Era de bom tom criar um muro ou algo que amparasse as terras, porque quando a chuva voltar a lama vai certamente arrastar-se para a estrada;
  • Há falta de bancos onde as pessoas se possam sentar;
  • As casas de banho: Um parque daquela dimensão merece melhor que umas casas de banho provisórias, ou não?
  • O café na parte de baixo poderia ser maior e melhor, nomeadamente no que diz respeito à esplanada;
  • A escadaria que dá acesso à parte superior, tem um corrimão apenas em um dos lados. Pessoas com dificuldades (por exemplo, alguém que por doença não mexa um dos braços) não se sentirá segura a subir/ descer;
  • Aquelas cordas para as crianças brincarem, são seguras?

São pormenores que fazem toda a diferença, e espero ver este espaço com melhores condições para poder servir Setúbal com o respeito que esta cidade merece.

8 comentários:

Anónimo disse...

E ainda tem coragem de dizer que neste blogue não é só vontade de dizer mal.
"Aquelas cordas para as crianças brincarem, são seguras?"
C'um caraças. Fiquei sem palavras. E depois lolei bué.

Anónimo disse...

Este será um dos posts mais ridículos que já li na blogosfera...
A sério, devias de arranjar um emprego... Ou então desligar-te da internet...

Sr. Esteves disse...

Estes anónimos são só para dizer mal. Malvados.
Para demonstrar o meu apoio ao autor deste fantástico blogue, vou elaborar a minha lista de mal-dizer das coisas que encontrei de mal no Parque:

- a água que servem no café devia ser mais fresca
- os gelados deviam ser mais doces
- a relva devia ser mais verde
- as raparigas que trabalham lá deviam ser mais giras

Uma vergonha aquela obra!

Anónimo disse...

Conclusão deste texto: o Parque de Albarquel é perigoso para os manetas e para as crianças.

albarquel disse...

Realmente já deu para perceber que há alguem que está muito incomodado com a minha opinião. Devo dizer que depois de ler estes comentários também lolei bué!
Sou tão ridículo mas tão ridículo que vos faço voltarem ao blog. Continuem! A esta hora está o Sr. Esteves ou o anónimo a pensar em mais um comentário para o meter aqui, quando na verdade não consegue esconder que são todos da mesma pessoa. E isso é que é verdadeiramente ridículo!

ines disse...

"Este será um dos posts mais ridículos que já li na blogosfera...
A sério, devias de arranjar um emprego... Ou então desligar-te da internet...", não acha mais ridículo os seus comentários infantis e o facto de ser a mesma pessoa a comentar tanta vez seguida?12:28, 12:32, 12:38 e 12:49..e não diga que não é o sr. Esteves, porque é uma coincidência enorme!!

"Sr. Esteves disse...

Estes anónimos são só para dizer mal. Malvados."

Era para tentar escapar, sem parecer ser a mesma pessoa?Lamento, não me convenceu..

Agora a sério, você devia de arranjar um emprego também, ou então, aproveitar o belo sol que está e ir apanhar ar..a clausura está a fazer-lhe muito mal.

Já agora diga-me, porque o afecta tanto as criticas ao programa Polis, trabalha lá?

É que não acredito que não trabalhando lá, concorde com o facto de a casa de banho ser das provisórias e sem condições(cada um com o seu gosto por wc's, mas não é o meu tipo, confesso!), com o facto de os regadores de relva molharem os bancos de MADEIRA, com o tempo irão estar em óptimas condições (também confesso que sentar-me em bancos molhados não é a minha paixão) e com o facto de os bebedouro já não terem água(ok, sempre temos a hipótese de beber a água do mar, ali tão perto...)?

No primeiro dia tudo funcionava, estava tudo muito bonito e gostava de quase tudo, à excepção da enorme escadaria ou à sua alternativa para quem não a pode subir (uma rampa enorme a percorrer o parque todo!), mas com o passar dos dias, as coisas vão ficando abandonadas e sem cuidados, o que me parece de grande desleixo e com grande hipótese de se tornar apenas mais um parquezinho abandonado em Setúbal!

É isto que acha que é bom para a nossa cidade?

ines disse...

Peço desde já desculpa por fazer comentários em separado, mas só agora reparei com mais atenção no último comentário do sr. anónimo e em relação a esse seu TRISTE comentário, só quero que me responda:

- Acha bem ridicularizar pessoas com deficiências como "manetas" ?Não merecem o mesmo respeito que qualquer outra pessoa??E depois vem defender noutro texto, as passadeiras com lombas para invisuais??Que falta de coerência a sua!!

- Se não pensarmos na segurança das crianças em primeiro lugar, devemos de pensar na de quem, na sua?As crianças mais do que ninguém sao o futuro do nosso país e principalmente, da nossa cidade!Se não nos preocuparmos primeiramente em defender a sua segurança, preocupamo-nos com o quê?

Penso que o senhor está a demonstrar uma grande falta de respeito pelos outros, pense bem no que diz, antes de escrever tamanha asneira!

Luigi disse...

albarquel,
continua, não ligues.

já agora,sugeria mudarem o nome do parque: em vez de Parque urbano de Albarquel, mudava-se para Praia Urbana de Albarquel, onde é possível fazer pic-nic na relvinha por baixo das árvores, limpar os pézinhos da areia e do sal nos aspersores de rega, nadar em frente e no meio dos barcos que estão nas poitas, quem sabe até levar com um daqueles em cima, e, 'piéce de resistence', nadar para coma daqueles barquinhos giros e fazer mergulhos !!!! Bonito!!
O placar que diz " proibido fazer banhos' é para a estética.

De facto não temos muitas praias , ou melhor, temos mas são pequenas, mas, se deixam fazer praia lá, além de ser um perigo, é uma boa forma de matar o Parque.