sexta-feira, 31 de outubro de 2008

Quero um PEDEPES Só pra mim!!

261471_parking

Sem ser engenheiro, sem me terem pedido pareceres, sem fazer parte do honroso PEDEPES, do Pólis, da CMS, do gabinete do agora vereador da CML,  das centenas de técnicos e estudiosos bem pagos para assessorar o nosso cada vez mais miserável município, quero deixar esta pergunta no ar:

Quantos anos, quantos PEDEPES, quantos estudos, programas, medidas e encontros regionais, nacionais, internacionais e intergalácticos seriam necessários para perceber:

  • Que o pórtico no Largo José Afonso envergonha todos os setubalenses de tão lindo que é?
  • Que causaram milhares de euros de prejuízo aos restaurantes da avenida, por terem começado as obras na mesma perto do verão ?(época alta)
  • Que agora querem levar os comerciantes da baixa à miséria, por fazerem as obras nos estacionamentos da mesma, na altura do Natal? (época alta)
  • Que uma Ciclovia não se faz aos "ésses"?
  • Que as lombas na avenida, da maneira que estão construidas,  não lembram a ninguém?
  • Que o Pólis, com excepção do parque urbano da albarquel, não melhora a qualidade de vida de ninguém?
  • Que um estacionamento de vários andares em forma de silo À BEIRA MAR, é uma ideia ainda mais ridícula e horrível que o pórtico do largo?

Enfim, poderia continuar nisto a noite toda.

 

4 comentários:

leonardo disse...

Parece mentira a Câmara Municipal de Setúbal ter aprovado, talvez sem ter em atenção os pormenores, e continuar a apoiar um projecto de incompetência sob o ponto de vista prático e funcional das suas vias e que humilha SETÚBAL ao a eleger como cobaia. A Avenida Luísa Todi não é uma estrada municipal nem nacional que justifique lombas e desníveis, é uma Cidade Capital de Distrito que devia ser tratada com a dignidade que merece. As lombas que transformam a Avenida Luísa Todi, que era o orgulho dos setubalenses, numa espécie de pista de moto-cross e a retirada da Fonte dos Golfinhos, com os seus repuxos coloridos, daquele local fazem-nos tristeza e vergonha. Numa Avenida Principal de qualquer localidade o excesso de velocidade não deve ser contrariado com lombas ou outros obstáculos mas sim com um piso plano e suave que convida a um deslizar agradável e a visualizar uma envolvente harmoniosa com passeios com plantas flores e árvores, esculturas, espaços de lazer e equipamentos que proporcionem ao passeio e a descansar. O aspecto harmonioso de um ambiente criado por um arquitecto paisagista competente faz desaparecer uma eventual adrenalina de velocidade em vias citadinas.

mvitorle disse...

Com a retirada da Fonte dos Golfinhos substituiu-se uma visão agradável por um monstruoso Pórtico Guindaste de Estaleiro Naval.
Na Frente Ribeirinha estão a pôr um só sentido na faixa de rodagem. Porquê?
A Lomba em plena curva junto ao Quartel do 11 está mesmo propícia a que os carros dos Bombeiros e ambulâncias capotem ou se voltem.
Porquê uma lomba. e ainda por cima com um declive de saída tão abrupto, no fim da Avenida?

albarquel disse...

Estas obras e mudanças só demonstram que, os responsáveis por elas, não têm qualquer conhecimento da cidade, não vivem nem sentem Setúbal, não têm qualquer interesse em tentar melhorar a cidade para porque simplesmente não querem saber. Enfim, são os governantes que temos. O problema é que eles vêm e vão mas os 'mamarrachos', esses, ficam.

vsetubal disse...

Deixo aqui uma pergunta.
Será que a presidente da câmara quer saber dos vossos (nossos)comentários?
destrói-se o que custou muito a construir e depois vem não sei de onde um politicozeco que se lembra de elevar um monumento em plena AV.Tody.que não tem jeito nenhum,é típico do pcp,mas nos é que somos os culpados porque não dizemos nada e eles vao fazendo o que querem.Meus amigos,a presidente da câmara e outros que por aqui passaram estão se borrifando para nós setubalenses.....