segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Não me farto do pólis

Uma boa notícia finalmente: Os comboios da Linha do Sado, desde domingo que foram substituidos por comboios mais recentes e eléctricos. Mais vale tarde do que nunca.

Noutro plano, isto pode já parecer implicação minha com o pólis, mas fico cada vez mais indignado com o que se passa.

Então agora meteram mesas e cadeiras na avenida Luísa Todi? Qual é a ideia? Fazer um parque de merendas em plena avenida?

Mas calma que há pior... então meteram bancos de jardim na antiga rotunda dos golfinhos? Quem é que se vai meter dentro de uma rotunda sentado? Sem falar que, para quem conhece a cidade e sempre viu os golfinhos na rotunda, uma zona central, agora passar a vê-los quase em frente ao Hotel Mar e Sol é um pouco...descabido não?  E isto para não falar das passadeiras com lombas gigantes que agora meteram semáforos...se é para ter semáforos, para quê as lombas?

6 comentários:

vsetubal disse...

Boa tarde.
Realmente não se compreende,se a semáforos em plena Av.Tody o porquê de lombas ou vice versa?Realmente estas obras deixam muito a desejar.Estive a ler um artigo no setubalense de hoje 15/12/08 que diz o seguinte;


A presidente da câmara esclarece que algumas lombas na avenida vão ser rectificadas, como a que se encontra frente ao Quartel do 11 e o quarteirão junto à marisqueira “O Fernando”, onde “a calçada será levantada depois de dia 31”, esclarece.

O vereador Eusébio candeias acrescentou ainda que a faixa de rodagem, na zona do Quartel do 11 “vai ser alargada, passando a ter duas faixas de circulação”, algo que “já foi assumido pela Setúbal Polis”.


Ora bem,eu pergunto!!!!
Porquê so agora alterarem o projecto?não viram antes que estavam mal?é evidente que as obras não vão estar prontas nos prazos estipulados.Mais gastos irão aparecer, isto se não ficar por aqui.Quanto a mim e é a minha opinião,estas obras do polis não beneficia quase em nada a cidade.Onde é que já se viu meterem bancos numa rotunda quadrupla?quem é que se vai lá sentar?eu não vou de certeza!!!!!
Já agora,depois de tudo pronto deveriam de retirar aquele MAMARRACHO que esta na AV. e vende-lo ao ferro-velho,em nada dignifica a cidade,será que esta gente não vê?

albarquel disse...

São asneiradas atrás de asneiradas, e como sempre não há responsáveis. Andam a fazer tudo em cima do joelho, é o que dá. E nós setubalenses,'papamos' tudo.

vsetubal disse...

É isso que me faz que pensar SR.Albarquel.Deixamos fazer tudo,como diz o SR.PAPAMOS TUDO,ninguém se opõe e eles fazem o bem entendem........

Barao disse...

Boa análise.
Parece que, ao contrário das minhas previsões de que tudo ficaria na mesma, depois de mais ou menos 30 milhões de Euros gastos no POLIS da Câmara Municipal de Setúbal tudo ficou bem pior...

Asa do Avião disse...

Entao e o estacionamento que antes existia em frente à caixa geral de depositos.. agora os carros ficam estacionados nas faixas de rodagem e a avenida fica limitada a uma faixa central.

Robin disse...

Quando o jornal 'O Setubalense' utilizou pela 1ª vez o termo "rotundas quadradas" achei que era anedota, mas pelos vistos Setúbal está é na vanguarda da criação de novos termos na já riquíssima Língua Portuguesa.
Pode ser que quando estiver tudo limpo e pronto as opiniões sejam diferentes, mas nunca conseguirão explicar porque insistiram na ideia de manter as enormes lombas em outros locais, depois de as terem retirado na parte poente da Avenida, quando constataram que era uma 'aberração' para além do perigo que elas representavam para os carros e peões que circulavam na zona.
Eu tenho uma teoria: se aumentarem o volume de obra a fazer para além do previsto, anulam o efeito das multas pelo atraso na entrega na obra (já me falaram em 30%) e com alguns truques até conseguem receber mais uns milhares no final.
Medina Carreira ontem no programa "Nós por cá" resumiu todo isto numa simples frase - “Isto é uma fantochada”. Mais palavras para quê!