segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Mais um mamarracho que leva o destino dos outros...ou serei apenas implicante?

"Ao abandono 349 dias por ano "

"Candeeiros partidos, caixas de electricidade destruídas, restos de painéis contraplacados espalhados no chão e muito lixo, foram alguns dos “vandalismos” que encontrámos numa breve visita ao Parque Sant’Iago, local onde se realiza a Feira que dá nome ao espaço."

Toda a notícia, em

 http://www.osetubalense.pt/noticia.asp?idEdicao=287&id=10324&idSeccao=2341&Action=noticia

3 comentários:

vsetubal disse...

Com o aproximar da feira Santiago a câmara gasta anualmente alguns milhares de Euros no arranjo do espaço.Tudo por 15 dias de feira.Passado esse tempo como diz e muito bem,o recinto fica ao abandono o ano inteiro.Esse abandono serve para indivíduos destruírem o pouco que existe no recinto.Serve também de pista de automóveis e outras coisas mais.Conclusão!!!!gastou-se milhares de €€€ no arranjo do espaço para quê?isso da a entender que houve alguém que encheu o bolso com a mudança da feira para esse local.O anterior presidente de câmara, sr. que não deixou saudades,nem lembro o nome dele,prometeu mundos e fundos que o recinto apesar de ser utilizado para a feira também serviria para outros eventos,que eventos????ah....para vandalismo,claro que isso também é um evento.........

Dylan disse...

Setúbal é o reflexo do país: na penúria e no desemprego!
E é pena, com a beleza da Serra da Arrábida tão perto...

MP disse...

Lamento constatar que muitos dos pensamentos daqueles que olham para a cidade de Setúbal, e verifiquem o seu estado de total abandono e miséria, considerem que essa condição apenas acontece porque é reflexo da forma como está o país. Permitam-me aconselhar que olhem para outros bons exemplos autarquicos que existem por este país fora, onde muito está a ser feito e construido de forma sustentavel e exemplar.É um facto, que o nosso país tem muitas debilidades, e muito para ser feito, mas não usemos tal verdade como desculpa, para a situação em que se encontra a nossa cidade. é inegavel que Setúbal se encontra ao abandono à mais de 20 anos, e pouco tem sido feito para resolver os seus problemas. a cidade cresceu, lavou a cara com um projecto pólis (que não vai ao encontro das necessidades dos seus cidadãos, desagradando
à sua grande maioria)e resolveu pouco dos seus muitos problemas. Setúbal está ao abandono, não tem emprego, abriu as suas portas ao crime organizado, e encontra-se estrangulado por um trânsito descontrolado. Digam lá que não poderiam ser tomadas medidas para a resolução de pelo menos estes três problemas? Só isso já daria nova vida à cidade de Setúbal.