quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

FMI

Noticia do Correio da Manhã

“Relatório manda subir o IVA
FMI contra aumento das reformas
Travar os aumentos das pensões e diminuir a massa salarial da Função Pública são os conselhos que o Fundo Monetário Internacional (FMI) transmitiu ontem ao Governo português para conseguir reduzir o défice orçamental para os três por cento até 2013.

Na análise que faz à economia portuguesa no Artigo IV, o FMI afirma que o ideal era não haver actualizações nas pensões em 2010, mas, uma vez que esse aumento já está decidido, deve ser "uma medida pontual, cujos custos devem ser compensados" no futuro.

"O ajustamento salarial da Administração Pública em 2010 será particularmente importante, quer em termos de credibilidade quer de suporte à consolidação, especialmente após o grande aumento, em termos reais, verificado em 2009, e a necessidade de sinalizar a contenção salarial ao sector privado", escreve o FMI, acrescentando que se outras medidas falharem terá de se optar pelo aumento do IVA.

As estimativas do FMI indicam que, sem novas medidas, o défice aumente em 2010, e que o rácio da dívida fique próximo dos 100% do PIB.”

Esta notícia fez-me lembrar um grande som do grande José Mário Branco (parte 1 e parte 2):

 

Este senhor diz tudo.

1 comentário:

Risko disse...

Bom blog e continuacao de boas postagens.

Deste ja te convido a visitares, comentares e seguires- Altitude1995.blogspot.com

Força nessas postagens!
abraço