terça-feira, 28 de julho de 2009

Europeias II

Resposta da CMS à questão dos cartazes dos partidos nas eleições europeias que ainda se encontram por toda a cidade:

“Exmº(a) Senhor(a)
Acusamos e agradecemos a recepção do e-mail, o qual mereceu a nossa melhor atenção.
Relativamente ao assunto em epígrafe, informamos que, segundo indicação do Sr. Vereador Rui Higino, quer a colocação como a retirada de propaganda política, é da total responsabilidade dos respectivos partidos, sendo que a Câmara Municipal não tem interferência nesse processo.

Câmara Municipal de Setúbal - Gabinete da Participação Cidadã”

Ficamos a saber então, que a CMS não tem interferência na colocação dos cartazes. Mas será que não devia agir como entidade fiscalizadora?

PS: Pela primeira vez obtive uma resposta.

7 comentários:

Vítor Soares disse...

Ninguém, para além dos partidos que colocam tal propaganda, pode retirar propaganda política. É considerado crime.

Assim, quem os coloca também tem a obrigação de retirar.

Na conjectura actual, muitos partidos optam por não retirar a propaganda que serviu para as Europeias e que também pode servir para as Legislativas. Afinal de contas são apenas alguns meses de diferença e poupam-se recursos (embora existam partidos que não se importem de gastar milhões em campanha, à custa das subvenções estatais, ou seja, tirando do bolso dos portugueses).

Cumprimentos.

albarquel disse...

Agradeço o seu esclarecimento.

Vic disse...

Tinha colocado o seguinte comentário no post anterior:
Os cartazes deveriam ser recolhidos por quem os colocou. Seria uma prova de cidadania dos partidos, evitando a incuria, o desleixo e a falta de asseio da nossa cidade.

Pelos vistos os partidos não retiram os cartazes para guardar lugar para as próximas eleições.

Retirar propaganda política "fora de prazo" não é crime, devia ser uma prova de sanidade!
Cumprimentos
Vítor Baião

albarquel disse...

Caro Vitor,
Compreendo a sua indignação. Se os partidos se importassem verdadeiramente com os cidadãos, esta questão dos cartazes não se colocava. O problema é que já há muito tempo que os interesses das máquinas partidárias estão primeiro.Talvez também seja por isso que o país tenha chegado ao estado em que se encontra.

Maria P. Morais disse...

O errado nesta história é deixarem colocar estes painéis em tudo o que é sítio. Há um nome para este fenomeno: POLUIÇÃO VISUAL
Há mobiliário urbano como espaço publicitário que não é tão agressivo.
Agora, há por aí painéis de propaganda política com fotografias de candidatos, que não lhe tirando o valor enquanto pessoas ou até mesmo como políticos, só servem para assustar as crianças. A minha filha sempre que passa por um em especial tenta esconder-se atrás do banco do carro, vá-se lá saber porquê!
Quando começarmos a fazer a nossa campanha eleitoral em finais de Setembro, vamos mostrar que é possível fazer melhor e ser melhor. Esta será uma das máximas do nosso recém criado partido (já a concorrer a esta autarquia) - M.A.C.A.U.

Maria P. Morais

Charroco Verde disse...

http://todosporsetubal.blogspot.com/

Furia do Cajado disse...

Gostaria que colaborasse nesta sondagem sobre "Anonimato na blogoesfera"
http://furiadocajado.blogspot.com/
Obrigado
Roberto Robles