quinta-feira, 25 de setembro de 2008

A GNR, Lisboa, Setúbal e arredores..

setubal

Setúbal AINDA É capital de distrito. É também, a sul do tejo, a cidade que está mais longe de Lisboa. Todos os anos, sentimos isso, quando todos os concelhos de 'Lisboa e Vale do Tejo' recebem € do governo, uma verba que vai diminuindo à medida que cada cidade se situa mais longe da capital do país. Lisboa fica com a maior parte, as cidades adjacentes também enchem bem os bolsos, e Setúbal fica com os restos. Se juntarmos a isto a dívida que a Câmara Municipal de Setúbal tem acumulado, percebemos uma parte do problema.  Além disso tem sido uma cidade votada ao desinteresse dos sucessivos governos, nacionais e regionais. Quantos de nós ficamos boqueabertos  quando somos confrontados com o crescimento de cidades como Almada e Montijo, e Setúbal, que se passa para estar cada vez mais velha e abandonada?

Numa altura em que a criminalidade aumenta, e segundo as mais recentes notícias, o Comando da GNR de Setúbal vai passar para Almada. Isto só tem lógica se ponderarem, num futuro não muito distante, remeter Almada a capital de distrito!

Alguém me sabe explicar o que ganhámos em ser inseridos em 'Lisboa e Vale do Tejo'? Para além do nosso rio ser o Sado, ficamos rotulados como parte da região de Lisboa, que não nos serve para nada, apenas remeteu a cidade para o esquecimento desde há anos. Preferia ser alentejano na margem norte do Sado, que lisboeta na margem sul do tejo!

PS: Apesar de não apoiar a actual presidente da CMS, aplaudo-a por não se ter calado e ter questionado o Comandante Geral da GNR, acerca da situação acima referida. Resta saber a sua resposta.

2 comentários:

Liliana disse...

Concordo plenamente.Somos sempre remetidos para segundo plano. É vergonhosa a centralização que existe neste país.

leonardo disse...

Almada não vai ser capital de distrito porque um dia será Lismada, capital de Portugal. Nessa altura deixa de se pagar portagem na Ponte Sobre o Tejo que foi de Salazar e depois 25 de Abril. Até perto de Alcácer do Sal fica agregado à Lismada e Setúbal será uma cidade satélite da capital.De Alcácer a Sines pertencerá a Évora com os concelhos de Évora, Alcácer e Grândola. Isto é brincadeira? Por agora é mas não sei se não virá a ser verdade .